sexta-feira, 20 de maio de 2011

Ter ou não ter um iPad?

O iPad, desde o seu lançamento aguça o desejo de 9 entre 10 pessoas no mundo todo. Comigo não foi diferente. Assim que comecei a trabalhar em um iMac, achava que a Apple sabia criar desejos nas pessoas por um produto que nem sempre valia o preço que é. 
Achava balela quando uma pessoa falava que Mac era muito melhor que PC e ponto, não oferecia nenhum outro tipo de argumento para isso. Com o passar o tempo, eu fui notando que realmente não precisa de nenhum argumento para comprovar que o Mac é melhor que um PC para alguns tipos de trabalho, como o editorial por exemplo. Basta usar um! 

Quando o iPad chegou, eu já tinha um iPod Touch e achava que um iPad não passava de um iPod grande, um iPodão!

E realmente é! Mas, um iPodão faz coisas de maneira muito mais prática que um iPodinho...
Com a massificação do iPad (se é que posso chamar assim), diversos aplicativos criados apenas para iPad são disponibilizados diariamente, logo, um produto que não passava de um trambolho, virou um tablet prático e útil. 

Comprei o iPad assim que lançaram no Brasil, acho um absurdo o valor dele por aqui e não creio que o aparelho será muito mais barato quando iniciar sua fabricação nacional. Mas uma desculpa eu tinha: Precisava ter um iPad para trabalhar, saber como ficaria meus livros digitais! Como trabalhar com revistas digitais (que tem uma apresentação totalmente diferente da apresentação de um livro). O fogo de palha durou 3 meses! 

Fiz um curso na WOC com o excelente professor Alex Affonso, continuei desbravando o terreno sozinha posteriormente e exatos 3 meses depois descobri o Monopoly para iPad. 

Juntando o desejo de conhecer todos os aplicativos recém-lançados mais a falta de interesse das editoras nacionais em conversão para eBooks no estúdio que trabalho, o iPad virou um brinquedo de gente grande, sem muita utilidade.

Agora preciso dizer uma coisa, aqui meio entre nós. Alguém já viu a qualidade dos eBooks feitos no Brasil e o preço que se cobra? As vezes me dá um certo desespero saber que quem compra paga caro por um produto que poderia ser bem melhor... enfim.... papo para outra hora.


0 Opiniões: