segunda-feira, 9 de maio de 2011

Não é raro diagramar um livro no qual o projeto gráfico foi feito por outra pessoa. Um projeto gráfico mal estrutural pode fazer com que o diagramador perca muito tempo no momento de diagramar o material.

Trabalhar com objetos vetoriais no InDesign ainda é um tabu para muitos usuários, e hoje, vamos aprender a incorporar texto e objetos vetoriais de forma simples e prática.

Vou citar um exemplo que aconteceu comigo dias atrás. No projeto gráfico, havia uma caixa de destaque que foi criada como mostra a imagem abaixo:


Três retângulos de cantos arredondados alinhados de forma sobreposta e agrupados. O resultado final é este aqui:



Foram acrescentados, posteriormente, dois frames de texto como mostra a figura abaixo:



Dá para simplicar? Dá!

Vejamos:
1. Com a ferramenta Align (Shift+F7 - Windows>Object & Layout>Align) , alinhe os objetos 1 e 2 pela borda lateral esquerda e central.

Clique na imagem para visualizá-la maior


2. Com os dois objetos selecionados, vá em Object>Pathfinder>Substract:

Clique na imagem para visualizá-la maior

Obs.: A ferramenta Pathfinder do InDesign funciona exatamente como no Illustrator.

3. Agora que você transformou dois objetos em apenas um, alinhe este objeto com o objeto 3, de maneira que ele fique como na imagem abaixo:

4. Agrupe os dois objetos com o comando Ctrl+G ou Cmd+G.

5. Para adicionar texto dentro do frame de objeto, selecione a ferramenta de texto e clique dentro do objeto. Depois, vá em Object>Text Frame Options... (Ctrl+B / Cmd+B) e configure o frame da maneira que achar adequada.



Para finalizar, importe o texto para dentro do objeto e veja como ficará:

Dessa maneira, evita-se que, entre várias caixas de destaque como esta, o texto fique desalinhado ou que algo saia do padrão.

Dica final
Caso você utilize esta caixa de destaque diversas vezes ao longo do livro, adicione esse objeto em uma Library de Objetos do InDesign (File>New>Library). Assim, sempre que houver necessidade de aplicá-la nas páginas basta acessar a Library e importá-la.


Obs.: Se ficou curioso sobre o funcionamento da Library, acesse mais informações no Suporte Adobe aqui!

1 Opiniões:

Alyne Lourenço disse...

Olá Marcia! Gostei deste post, realmente simplificar é a melhor coisa, tudo fica mais limpo.

Que pena que não conseguiu ir no Photoshop Conference, vamos ver se nos encontramos no InDesign Conference este ano. Beijo